Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Seminário sobre programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar mobiliza Vila Flores, na Serra

Publicação:

Secretário Tarcisio Minetto destacou a importância do programa de gestão para o desenvolvimento das propriedades familiares
Secretário Tarcisio Minetto destacou a importância do programa de gestão para o desenvolvimento das propriedades familiares - Foto: Nathalie Sulzbach/SDR
Por Ascom SDR
programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar
Programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar - Foto: Ascom/SDR

O programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar está reunindo dezenas de pessoas no Auditório Municipal Vivan Vanessa Fiori, em Vila Flores, na Serra. O objetivo da iniciativa da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e da conveniada Emater/RS é promover a gestão e a adequação socioeconômica e ambiental das propriedades rurais familiares do Estado. Como resultados, deve transformar a propriedade para gerar mais renda aos agricultores, com mais práticas conservacionistas, produção de produtos para autoconsumo e acesso a bens, serviços e políticas públicas.

O secretário da SDR, Tarcisio Minetto, participou da abertura do seminário e explanou sobre a importância do programa e do engajamento da Emater/RS e dos agricultores familiares. O encontro teve apresentação de cases das famílias Tolardo (do município de Antônio Prado), Goin (Nova Prata) e Binda (Fagundes Varela). O diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, palestrou abordando a importância da gestão na Emater para a agricultura gaúcha.

O encontro se encerrou com um a mesa de discussões sobre o programa. O seminário foi realizado pela SDR, Emater/RS e prefeitura de Vila Flores, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo, com apoio do Sicredi e das cooperativas Piá e Santa Clara.

O programa

O programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar está em andamento desde 2016 e beneficia agricultores familiares selecionados nos 494 municípios de abrangência da Emater, resultando em aproximadamente 80 famílias por município.

O programa tem três etapas. Inicialmente, será realizado um diagnóstico produtivo, ambiental e econômicas unidades de produção, avaliando as receitas, os custos e o capital social e ambiental, identificando os pontos positivos e negativos, ameaças e oportunidades. Em um segundo momento, será feito o planejamento da propriedade rural em relação aos aspectos ambiental, social e econômico, respeitando os objetivos da família e registrando o marco zero por meio de indicadores pré-estabelecidos. Posteriormente, será desenvolvido um plano de gestão de curto, médio e longo prazos para a unidade de produção familiar.

O programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar envolverá a capacitação de aproximadamente 1,2 mil técnicos, inclusão de 40 mil agricultores e/ou pecuaristas familiares, implantação de 20 mil planos de gestão, formalização para implantação e acompanhamento de 900 unidades de referência técnica e a realização de dois seminários estaduais para avaliação e divulgação do programa.

Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo