Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Vistoria mostra como programa Segunda Água melhora a produção da agricultura familiar

Publicação:

Kit de irrigação instalado na propriedade da família de Elio da Paixão, em Soledade, permitirá maior variedade de cultivos
Kit de irrigação instalado na propriedade da família de Elio da Paixão, em Soledade, permitirá maior variedade de cultivos - Foto: Jonas Wesz/SDR

A Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) recebeu nesta semana a visita do coordenador-geral de Acesso à Água do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Vitor Leal Santana. Durante toda a semana foram realizadas atividades vinculadas ao Programa Segunda Água.

O programa é resultado de convênio firmado entre SDR e MDS com objetivo de garantir acesso à água para produção no meio rural às famílias em situação de vulnerabilidade social, promovendo a segurança alimentar e hídrica por meio da construção cisternas, microaçudes e instalação de sistemas simplificados de irrigação. O acordo tem valor global de R$ 26,2 milhões para beneficiar 2,7 mil famílias no Estado.

Durante a visita foram realizadas reuniões com o representante do MDS e a direção e técnicos da SDR para avaliar as atividades desenvolvidas no Convênio, execução e possibilidades de ampliação das ações dentro do Programa.

Os engenheiros agrônomos da SDR Jonas Wesz e Mariana Detoni acompanharam Vitor Leal Santana em atividades no interior do Estado para avaliarem as condições para implementação de tecnologias sociais de acesso à agua para consumo e para produção, junto à famílias em situação de pobreza no meio rural.

A equipe também visitou propriedades de famílias já beneficiadas pelo Programa Segunda Água no município de Soledade. Acompanhados pelos técnicos da Emater de Soledade Roger Terra de Moraes e Ederson Garcia, foi visitada a propriedade da família de Elio Pereira da Paixão. O agricultor familiar recebeu a construção de um microaçude e, recentemente, a instalação do kit de irrigação por gotejamento para uma área de 1.000m². O agricultor, que já desenvolvia cultivo de hortaliças, agora tem a horta em uma área maior e com o sistema de irrigação cobrindo todo o espaço de cultivo. Contando também com o acompanhamento de ATER e capacitações pela equipe da Emater, a família já planeja o aumento na produção de uma grande variedade de hortaliças como alface, repolho, couve, beterraba, cenoura, temperos verdes, etc. A comercialização de toda produção visa principalmente atender o Pnae (Programa de Nacional de Alimentação Escolar) no município.

No Corede Alto da Serra do Botucaraí, os municípios de Barros Cassal, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Jacuizinho, Lagoão e Soledade são beneficiados com o Programa Segunda Água. Nessa região, já foram construídos 35 microaçudes para piscicultura e 97 microaçudes para irrigação. Para essas 97 famílias que receberam a construção do microaçude para irrigação, a Emater iniciou no final do mês de dezembro a instalação dos conjuntos de irrigação por gotejamento e a previsão é que até o final deste mês de fevereiro todas as famílias já estejam com o sistema em funcionamento para desenvolverem suas atividades produtivas, o que resultará em segurança e a estabilidade na produção, principalmente no cultivo de hortaliças nas propriedades.

Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo